Temporada de inverno: Dicas de prevenção de gripe e resfriado

Compartilhe


Tosse, corrimento nasal, dor de garganta, febre … se isso descreve alguma das péssimas sensações que você sente durante os meses de inverno, use as seguintes etapas para combater um resfriado ou uma gripe rapidamente.

Ter um resfriado ou uma gripe podem trazer desconfortos semelhantes, os dois compartilham muitos dos mesmos sintomas, mas são causados por diferentes vírus – sendo a gripe muito mais séria!

-A diferença entre um resfriado e uma gripe

A gripe é mais grave, e muitas vezes o atinge mais rapidamente  do que um resfriado.

Com um resfriado, você deve começar a se sentir melhor dentro de alguns dias, já os sintomas da gripe persistem por até uma semana e deixam ainda você com uma sensação de cansaço.

O resfriado é considerado uma doença mais suave quando comparada à gripe.
Normalmente a doença tem um desenvolvimento mais lento e provoca sintomas apenas no trato respiratório superior.
No resfriado sentimos a garganta irritada e um excesso na produção de secreção nasal.
A tosse e congestão nasal, os sintomas do resfriado comum, aparecem 3 ou 4 dias após ter apanhado o vírus.
A febre baixa pode ocorrer, porém não é um sintoma pouco diagnosticado.

A gripe, por sua vez, é uma doença que surge de maneira repentina e provoca sintomas como dores de garganta, tosse seca, obstrução nasal, dores de cabeça e musculares, prostração e febre alta, que atinge, normalmente mais de 38 graus.
Vale destacar que algumas vezes pode ocorrer a produção de coriza, apesar de esse sintoma ser mais comum em resfriados.

Curiosidade:
Um adulto fica resfriado entre 2 a 4 vezes por ano.
Bebês e crianças em idade pré-escolar com idades entre 6 e 8 são contaminamos pelo vírus do resfriado até 10 vezes por ano.

Truques para acelerar a recuperação

1. Beba muito líquido
O corpo precisa de muitos líquidos quando é atingido por um vírus gripal.
Os fluidos mantêm o corpo hidratado e ajudam a eliminar os subprodutos tóxicos.
Bebidas quentes, como chá de ervas vão aquecer sua garganta e combater os vírus da doença.
A sopa de frango caseira, mais conhecida como a tradicional canja, tem sido utilizada há séculos para combater resfriados e gripe porque não só alivia o congestionamento, como também possui propriedades anti-inflamatórias.
Evite bebidas alcoólicas, pois elas podem desidratar o corpo e esgotar a valiosa vitamina C do corpo.

Uma boa opção é  beber chá quente com mel.
Existem algumas razões pelas quais beber chá quente com mel é tão eficaz.
A bebida quente acalma dor e o mel cobre a garganta para ajudar a evitar futuras irritações.
O mel também desencadeia a produção de saliva, que melhora o muco, de modo que você não fique congestionado com tanta frequência.
O chá ajuda a tosse porque contém teofilina, que é uma maneira natural de expandir suas vias aéreas e facilitar a respiração.
Enquanto você está doente, tente beber um duas xícaras de chá quente e mel todos os dias.

2. Tenha uma alimentação reforçada para combater as doenças
Se o corpo não tiver zinco suficiente seu sistema imunológico sofrerá, o zinco é um componente essencial do sistema imunológico celular que ajuda ao combater as infeções.
Certos alimentos ajudarão a aliviar seus sintomas de resfriado e gripe:
Carne, feijão, lentilhas e sementes de abóbora.
Mostarda, rábano ou outros alimentos picantes podem ajudar a limpar um nariz congestionado.

Dica de Leitura:  Como o tratamento quiroprático pode aliviar sua dor

O alho contém dois componentes que têm efeitos diretos anti-virais, atingindo e destruindo o vírus da gripe antes que ele possa se desenvolver; também ajuda a combater as bactérias ao aumentar a produção de glóbulos brancos.

3. Use um umidificador de ar e tome banhos quentes
Um umidificador ou um vaporizador aumentará a umidade no ar e afrouxará o muco alojado no peito.
O banho proporcionará umidade extra e também adicionará o calor necessário para acalmar os músculos doridos.

4. Fique em casa e descanse
Na medida do possível, descanse o suficiente.
Seu sistema imunológico precisa de tempo para relaxar e se recuperar, se você puder fique em casa por alguns dias.
Uma criança em idade escolar precisa de 10 a 11 horas de sono por noite, crianças de 5 a 8 anos de idade precisam ainda mais de descanso.

Não há cura para o resfriado comum, mas algumas medidas naturais podem fazer você se sentir melhor rápido.

5. Tome suplementos naturais
Suplementos naturais como equinácea, zinco e ginseng ajudam para obter uma recuperação mais rápida.
A equinácea é um fitoterápico utilizado para estimular o sistema imunológico e possui propriedades antivirais que ajudam a tratar infeções respiratórias. Deve ser tomado assim que apareçam os primeiros sintomas de um resfriado.
O zinco possui propriedades que impedem que as células de vírus se reproduzam.
O ginseng reduz a duração do resfriado e também oferece um impulso ao seu sistema imunológico.

-Práticas para combater a doença

– Não é recomendado lenços de pano, tenha sempre disponível lenços descartáveis.

– Utilizar a “etiqueta da tosse”
A tosse é a forma do corpo de limpar muco ou irritantes da garganta e dos pulmões. Geralmente é causada por uma infecção do trato respiratório resultante de um vírus, como um resfriado, gripe ou bronquite.
A “etiqueta da tosse” é recomendada por especialistas e consiste em cobrir a boca com uma parte interna dos braços na hora de tossir ou espirrar quando não estamos preparados.
Ela ajuda a evitar a propagação de doenças, especialmente entre pessoas que frequentam locais públicos ou ambientes fechados , que incluí maiores chances de contágio.

– Limpar e lavar as mãos é muito importante, independentemente da época do ano. É ainda mais importante durante o inverno e quando estamos doentes.
Tente nunca espirrar nas mãos, elas representam um dos principais veículos propagadores de doenças respiratórias, com destaque para a gripe; se você tossir em suas mãos, lave-as.

– Não compartilhe alimentos e objetos de uso pessoal
Quando alguém com está doente a bactéria provavelmente será encontrada nas superfícies ao redor, incluindo maçanetas de portas, teclados de computador, celulares e até em carrinhos de compras.
Neste caso a dica é sempre utilizar álcool em gel quando não existe nenhum lugar para lavar as mãos.

– Evitar ambientes fechados e aglomeração de pessoas;

Consulte o seu médico se os sintomas persistirem por muito tempo ou se você sentir uma piora progressiva durante esta temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *