Saúde – Segredos da longevidade da rainha Elizabeth II

Saúde – No dia 19 de maio acontece um dos casamentos mais aguardados de todos os tempos, a união entre o príncipe Harry e Meghan Markle em Londres.
A expectativa é grande: será que as festividades se inspiraram no evento do irmão, o príncipe William, que se casou com Kate Middleton em 2011?
A noiva sempre é a mais aguardada em casamentos, mas quando se trata de realeza, a “cereja do bolo” é sem dúvida a querida aparição de Elizabeth Alexandra Mary, a rainha Elizabeth II, nascida em 21 de abril de 1926.

A rainha Elizabeth II não é apenas a monarca reinante por mais tempo do Reino Unido; ela é a chefe de estado mais antiga do mundo. E aos 92 anos, ela superou a expectativa de vida média das mulheres no Reino Unido por quase uma década.

Enquanto seu status, sem dúvida, lhe dá acesso inigualável aos melhores médicos, chefs e ingredientes, ela também é conhecida por ter uma abordagem surpreendentemente simples para alimentação e nutrição.

Aqui está o que você pode aprender um pouco dos hábitos alimentares saudáveis ​​de Sua Majestade!

Saúde- Mantenha suas porções sob controle

O ex-chef do palácio Darren McGrady disse para a imprensa que, ao contrário do príncipe Phillip, que “vive para comer”, a rainha Elizabeth prefere pequenas porções, preferindo quatro refeições leves em vez de três grandes.
Se você já tentou perder peso, você sabe o quanto o controle da porção é importante para sua cintura:
pesquisadores da Universidade de Cambridge estimam que embalagens menores e tamanhos de porção podem nos ajudar a reduzir o consumo diário de alimentos em cerca de 25%, então a dica aqui é reduzir o tamanho da porção senso assim a maneira mais eficaz de combater a obesidade.

Para manter a saúde não exagere em suas refeições favoritas

Para a rainha Elizabeth, isso significa comer cada fatia de bolo de biscoito de chocolate.

“Ela costuma comer uma pequena fatia todos os dias até que, eventualmente, haja apenas um pequeno pedaço, mas temos uma equipe para cuidar disto, senão ela come o bolo todo!”, disse McGrady.

Ela também gosta de outros tipos de bolo, saboreia uma fatia e o restante oferece para a equipe comer.

Pesquisas mostram que ter cuidado com a alimentação é uma parte importante de uma dieta saudável e duradoura.
Um estudo israelense descobriu que as pessoas que começam o dia com chocolate, biscoitos ou sorvete podem ser mais capazes de administrar os desejos a longo prazo.

Os desejos aumentam com uma dieta pobre em carboidratos, por isso é melhor incorporá-los de maneira saudável.
Este mesmo estudo sugere tratar-se de manhã para os melhores resultados – a pesquisa declarou que um café da manhã é mais benéfico para a perda de peso do que um jantar pesado.

Chocolate amargo – Uma dica para sua saúde e paladar

A rainha gosta de seu chocolate 60 % ou mais, relata a Business Insider .
“Tem que ser chocolate meio-amargo, quanto mais cacau melhor,” confirmou .

Ela não possui muito desejo em provar chocolate ao leite ou chocolate branco.
Essa é uma boa escolha, considerando que o chocolate amargo é rico em flavonoides, o que pode proteger contra doenças cardíacas e derrames.

Stick para produtos sazonais
A rainha adora comer morangos no verão, mas diz que ela não vai tocá-los no inverno.
“Ela absolutamente come sazonal”, disse ela à imprensa britânica.

Enquanto comer morangos fora da estação pode não parecer grande coisa, há benefícios reais em seguir o exemplo da mãe natureza quando se trata de produzir.
Comida fora de época viaja milhares de quilômetros antes de chegar às prateleiras das lojas, o que pode comprometer seu valor nutricional.
A vitamina C é particularmente instável: pesquisas realizadas em Bangladesh revelaram que os tomates perdem mais da metade de sua vitamina C ao longo de 8 dias.

A maioria das pessoas não tem condições de cultivar frutas e legumes de seu próprio quintal, como a rainha Elizabeth, então a sugestão é que você procure produtos orgânicos no mercado local.
Apesar de se um pouco mais caro do que o encontrado em hipermercados e feiras, consumir alimentos de produtores orgânicos ajudam na boa saúde, o que você vai gastar em alimentos saudáveis vai diminuir em gastos com produtos farmacológicos.

Saúde – Coma mais peixe

A rainha muitas vezes tem sanduíches de salmão defumado com seu chá da tarde e um peixe grelhado para o almoço ou jantar.
Faça o mesmo para manter seu cérebro afiado: as pessoas tiveram melhor desempenho em um teste de memória de trabalho depois de tomar um suplemento diário de ômega 3 por seis meses – e o salmão é uma das melhores fontes de ômega-3!

Saúde – Beba um pouco de chá

Esta não seria uma história sobre a realeza sem uma referência ao chá, concorda?
O favorito da rainha, Earl Grey, pode diminuir o colesterol , graças aos flavonoides da bergamota.
E isso nem sequer menciona os benefícios do chá preto em geral: o chá tânico pode reduzir a pressão arterial , reduzir o risco de câncer de ovário e promover a perda de peso.

Faça exercício físico para uma saúde de realeza

Os britânicos são conhecidos por gostarem de grandes caminhadas.
A família real descobriu desde outras gerações o prazer de longas caminhadas nos campos de Balmoral, onde ficaram durante suas férias de verão. A rainha-mãe e a rainha eram consideradas andarilhas ávidas.

A rainha também é conhecida por seu amor por cavalos – ela cria cavalos e pôneis – e andar a cavalo tem excelentes benefícios para a saúde.
O quanto de exercício diário é avaliado de acordo com seu histórico médico e de condicionamento físico e os resultados dos testes atuais.
Mesmo exercícios leves, como uma caminhada de 30 minutos por dia, podem ajudar a reduzir a pressão arterial e os níveis de estresse.

Consultas Regulares e Medicina Alternativa

Além de ter consultas com um dos melhores geriatras do mundo, ela também recebeu indicações para realizar sessões constantes de massagem e acupuntura.
A rainha Elizabeth também possui uma ampla assistência de profissionais da saúde e utiliza do serviço regularmente.
Os resultados de tanto cuidado podem adiantar futuras doenças mortais, mas evitáveis, como ataques cardíacos, derrame e diabetes.

One thought on “Saúde – Segredos da longevidade da rainha Elizabeth II

  1. Ola ! Interessante a matéria , parabéns!! …mas eu pondero algumas afirmações tais como dizer que assim como muitos , a Rainha da Inglaterra não tem condições de cultivar legumes e verduras em seu próprio quintal .
    Ela mora em um palácio que está construído em um terreno gigantesco e tem dezenas de funcionários e responsáveis pelos enormes jardins … além de possuir varias outras propriedades inclusive no campo , então com certeza poderia pagar um jardineiro especializado em hortas orgânicas e cultivar frutas , verduras , legumes e demais alimentos não só para o consumo dela como para toda a família real e funcionários deles.
    Espaço e dinheiro para o investimento não faltam a ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *