Massagem infantil também beneficia mães e pais

A Michigan State University Extension publicou estudos sobre as vantagens de se realizar massagens em crianças e mostrar aos familiares que a técnica pode incentivar a saúde física e emocional de seus filhos, além de ser benéfica também para os cuidadores.

Basicamente, a massagem infantil é natural e os primeiros toques encorajam o recém-nascido a reagir, respirando. O toque continua, quando o bebê tem contato pele-a-pele com a mãe e assim, é estimulado a viver e a se sentir feliz.

Benefícios para os Bebês
Saúde física, saúde mental e desenvolvimento são comprovadamente impactados pela massagem infantil.

A estimulação adequada do sentido do tato do bebê afeta positivamente o desenvolvimento psicossocial e incentiva o apego entre os familiares e seu bebê.

Outra boa notícia é que a massagem pode ser utilizada para acalmar um bebê com cólicas, reduzindo o estresse, ajudando no crescimento & ganho de peso, contribuindo para o desenvolvimento de habilidades motoras do bebê e aumentando o período de sono.

Vale lembrar que a massagem irá aprofundar o vínculo entre pais e filhos, pois estimula a liberação de oxitocina (que é conhecida como hormônio do amor, que costuma ser produzida quando estamos perto de quem gostamos). A oxitocina é anti-inflamatória, atua positivamente sobre o sistema cardiovascular, além de fortalecer o sistema imunológico. Também implica na diminuição dos níveis de cortisol, o hormônio do estresse.

Conexão entre Pais e Filhos
Como a massagem suave estimula a oxitocina, que implica na sensação de amor, a técnica torna-se uma ótima opção para estimular o bebê a receber novas pessoas, como o pai, cuidadores e até pais adotivos.
A dica é colocar suas mãos na barriga do bebê e respirar profundamente, aproveite o tempo para olhar nos olhos do seu bebê e sentir o retorno da criança, será gratificante!

Leia também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *