Entenda o que é a doença de Alzheimer

-
É normal que as pessoas fiquem um pouco esquecidas à medida que envelhecem. Então, como você descobre que um esquecimento inofensivo pode o início dos sintomas da doença de Alzheimer?

A doença
O Alzheimer provoca a morte das células nervosas e perda de tecido em todo o cérebro. À medida que a doença piora, o tecido cerebral diminui e as áreas que contêm líquido cefalorraquidiano se tornam maiores. O dano prejudica a memória, a fala e a compreensão.

Uma em cada oito pessoas com 65 anos ou mais apresenta esta forma devastadora de demência.

Em seus primeiros estágios, a doença de Alzheimer pode não ser óbvia para amigos e familiares. Mas existem alguns sinais de alerta precoce, acompanhe:

No início de Alzheimer,
as memórias de longo prazo geralmente permanecem intactas.
As memórias de curto prazo são as mais afetadas.
Esquecer conversas, repetir perguntas que já foram respondidas e dificuldades de terminar uma frase porque tem dificuldades para lembrar de palavras.

Mudança de comportamento
Além da perda de memória, que sofre com a doença de Alzheimer pode apresentar confusão mental e mudanças de comportamento.

Alterações de humor e lapsos de julgamento também são comuns, também é comum esquecer de fazer a higiene diária (esquecer de escovar os dentes ou de pentear os cabelos).

Como a doença afeta a concentração, quem sofre com a doença pode ter dificuldade de executar tarefas que antes eram comuns, como cozinhar ou lembrar de pagar as contas.
Em graus mais elevados, já possui a dificuldade de reconhecer pessoas próximas ou lugares.
Casos comuns em estágios avançados apresentam incontinência urinária, problemas de equilíbrio, má coordenação e perda da linguagem.

Diagnostico
Não há nenhum teste simples para descobrir a doença de Alzheimer, o médico iá solicitar aos parentes uma descrição de mudanças de comportamento.

Um teste do estado mental ou testes de seleção podem medir as habilidades mentais e memória de curto prazo.

Exames neurológicos e varreduras do cérebro são solicitadas para descartar outros problemas, como um acidente vascular cerebral ou tumor.

Como ajudar
A atividade física pode ajudar a manter alguma força e coordenação muscular, além de aumentar o humor e ajudar a diminuir a ansiedade.

Atividades repetitivas, como caminhadas, praticar jardinagem, ou até dobrar roupas podem ser uma boa alternativa.

Tratamento
Não há cura para a doença de Alzheimer e não há maneira de retardar a lesão provocada no cérebro.
Existem medicamentos que ajudam a manter as habilidades mentais e retardar os efeitos da doença.

Quando o paciente recebe o tratamento logo no início, ele pode ser capaz de ficar independente e fazer suas tarefas diárias por um longo período de tempo.

Na doença de Alzheimer, os tratamentos funcionam melhor quando são usados no início do histórico da doença.

Leia também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *