Dezembro Laranja: mês da conscientização do câncer da pele

Terceiro ano consecutivo do movimento Dezembro Laranja – “O corpo fala: cuide de sua pele” que conta com o apoio da Sociedade Brasileira de Dermatologia, cuja proposta é repassar para a população informações de prevenção sobre o câncer da pele.

O verão de 2016 tem início no dia 21 de dezembro e termina oficialmente no dia 20 de março de 2017, então é necessário cuidar de sua pele para evitar os fotodanos gerados pela exposição desprotegida aos raios solares.

Fotodanos são problemas na pele causados pelo Sol, a falta de proteção pode causar sardas, rugas, melasma, queimaduras e até evoluir para o câncer da pele.

“Proteger a pele contra a radiação UV é imprescindível (…) com as doenças dermatológicas provocadas pela exposição solar descontrolada e sem fotoproteção. O diagnóstico precoce é fundamental para o sucesso do tratamento. O Dezembro Laranja reforça a necessidade de atitudes fotoprotetoras de fácil execução no dia a dia do brasileiro, objetivando conter a alarmante ascensão da doença”, afirmou Emerson Lima, coordenador da Campanha Nacional de Prevenção e Combate ao Câncer da Pele da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), única instituição reconhecida pela Associação Médica Brasileira (AMB) e Conselho Federal de Medicina (CFM).

No site oficial da campanha, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) em parceria com o DataFolha divulga pesquisa realizada em 2016 sobre o hábito de exposição solar do brasileiro, confira:

– 106 milhões de brasileiros se expõem ao sol de forma intencional nas atividades de lazer, sendo que 70% da população está acima de 16 anos
– 63% dos brasileiros não usam protetor solar no seu dia a dia = + 95 milhões de brasileiros não se protegem de forma regular
– 6 milhões de brasileiros adultos (mais de 4% da população) não se protegem de forma alguma quando estão na praia, piscina, cachoeira, banho de rio ou lago
– Dos entrevistados que têm filhos até 15 anos, 20% dessas crianças e adolescentes não se protegem de forma alguma nas atividades de lazer. Se a análise incluir as classes D/E, esse percentual sobe para 35%

Mais informações acesse o site www.controleosol.com.br

Leia também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *