7 maneiras para um cérebro jovem e saudável

Todos desejamos um cérebro sempre jovem, mais focado e capaz de fazer coisas em um curto período de tempo; saiba que só depende de você ter uma mente saudável e ser capaz de melhorar seu desempenho em geral.

O grande segredo esta em realizar pequenas mudanças – mas significativas – que melhoram a sua saúde física e mental a longo prazo.

Confira algumas das principais modificadoras para ajudar sua saúde mental.

– Para de Fumar
Fumar é um grande problema!
Pessoas que fumaram mais de 2 maços de cigarro em 1 dia possuem 2 vezes as chances de desenvolver demência no futuro. Aqueles que fumaram aproximadamente um maço por dia estão com um risco de 44% de desenvolver a doença.

Então, o primeiro passo para um cérebro mais saudável é reduzir a ingestão diária de nicotina.

– Praticar exercícios
Várias pesquisas sobre saúde mental sugerem que melhorar sua força muscular pode levar a um funcionamento saudável do cérebro.
Fazer exercícios regularmente estimula pequenos vasos sanguíneos que enviam sangue rico em oxigênio para o cérebro – responsável pela cognição mental global. Ele também estimula o crescimento de novas células cerebrais e melhora a conexão entre elas; tornando o cérebro mais ativo, eficiente e adaptável no funcionamento.

– Dieta alimentar
Uma dieta regular e saudável não só afeta positivamente seu corpo, mas melhora a sua imunidade.
Lembre-se de incluir em sua dieta alimentos com vitamina B, vitamina B6, ácido fólico e B12 – as principais impulsionadoras do cérebro e que podem ajudar a reduzir um risco de demência futura.

Dica:
chás de ervas contêm uma grande quantidade de nutrientes importantes e antioxidantes responsáveis ​​pela atividade saudável do cérebro.

Dica de Leitura:  Massagem Terapêutica poderia ajudá-lo a viver mais

– Manter relacionamentos saudáveis
Enquanto a solidão é uma necessidade humana básica, a solidão frequente pode resultar em doenças psicológicas e cognitivas.
Nesta área, a chave para um cérebro saudável e vida livre de estresse é construir uma forte conexão emocional com pessoas queridas.

– Meditar
A meditação reduz os níveis de estresse e pode reduzir transtornos mentais, como a doença de Alzheimer ou demência.

– Escutar Música
Existem várias crenças populares sobre a atividade cerebral e música.
Uma batida poderosa ou instrumental pode desencadear emoções humanas e também podem influenciar sua cognição mental.
A música tem a capacidade terapêutica de transportar pacientes com demência para um universo paralelo e melhor. Além disso, a música clássica, em particular, é um gênero ligado à melhoria da capacidade do cérebro para focar e reter informações.

Tente fazer essas mudanças simples e eficazes em seu estilo de vida para melhorar sua saúde cognitiva e confira regularmente as novidades aqui no Blog do ITIO.

 

Leia também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *