Novembro Azul alerta homens sobre a importância do exame de próstata

-

Novembro Azul é uma campanha de conscientização organizada pela Sociedade Brasileira de Urologia durante todo o  mês de novembro com o intuito de estimular a população masculina a superar a vergonha em relação ao assunto e cuidar da saúde e informar aos homens sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas.
Durante o restante no ano está disponível em qualquer posto médico atendimento para todas as idades, consulte o seu médico e converse sobre dúvidas sobre a saúde masculina.

Em vários países, o “Movember” é mais do que uma simples campanha de conscientização e aproveita para ampliar os tópicos, incluindo os cuidados com o bigode (simbolo da campanha),  câncer de próstata, depressão masculina, saúde do homem e  outras doenças como o câncer de testículos.

O que é câncer de próstata?

A próstata faz parte do sistema reprodutor masculino e o problema na maioria dos homens que são diagnosticados com este tipo de câncer estão na faixa dos 65 anos de idade.
As células cancerosas podem crescer lentamente e os médicos podem decidir por não realizar cirurgias em pacientes idosos e frágeis, em outros casos as células cancerosas crescem mais rapidamente e a cirurgia é realizada.

Posso reduzir o risco?
Não sabemos como prevenir o câncer de próstata, mas uma dieta saudável e estilo de vida são fatores importantes.
Uma alimentação saudável e praticar exercícios físicos podem contribuir de diversas formas, inclusive de se manter um peso saudável, além de melhorar o seu bem-estar geral e reduzir o risco de outros problemas de saúde como diabetes, doenças cardíacas e outros tipos de câncer.

Alimentos que podem diminuir o risco de câncer de próstata
Ter uma dieta saudável e equilibrada, incluindo em sua refeição diária uma grande variedade de frutas e vegetais pode ajudar a prevenir o câncer de próstata.

Existem alguns alimentos específicos que podem contribuir na prevenção do câncer de próstata.

Alimentos de soja e leguminosas. Os alimentos à base de soja incluem: leite de soja, tofu, iogurte de soja entre outros produtos. Leguminosas incluem feijões, ervilhas e lentilhas.

O chá verde. Você precisa beber cerca de seis xícaras por dia para que possa ter um efeito, e preparar o chá por 5 minutos para liberar os nutrientes protetores. Tente beber ao invés de suas bebidas quentes habituais.

Tomates e licopeno (composto encontrado no tomate). As melhores fontes de licopeno são os cozidos e tomates, como molhos de tomate, sopas, purês e pastas de processados. Tente comer tomates cozidos ou processados regularmente, pelo menos duas vezes por semana.

Selenium.  O selênio é encontrado em castanhas, peixes, frutos do mar, fígado e rins. Suplementos de selênio não parecem ter um efeito eficaz.

Vegetais crucíferos. Estes incluem brócolis, couve-flor, repolho, couve de Bruxelas, couve da China (pak choi), espinafre e couve.

Quais os alimentos que podem aumentar o risco de câncer de próstata?

Há uma série de alimentos que os cientistas acreditam que podem aumentar o risco de câncer de próstata, principalmente se consumidos em grandes quantidades. A dica é tentar limitar a quantidade destes alimentos em sua dieta.

Laticínios e cálcio. Mais de 2000 mg de cálcio por dia pode aumentar o risco – equivalente a 1,6 litros de leite. Laticínios são ricos em cálcio, mas não está claro se é o cálcio ou qualquer outra coisa na leiteria que pode aumentar o seu risco. O cálcio é muito importante para a sua saúde e para ossos fortes, por isso certifique-se de incluir algum em sua dieta.

Embutidos e carne vermelha. Só comer carne processada ocasionalmente. Isso inclui salsichas, hambúrgueres, bacon e presunto. Limite a quantidade de carne vermelha, como carne bovina, de cordeiro e de porco, 300 gramas de carne cozida por semana. Em seu lugar, escolha carnes brancas, como frango, peru ou peixe.

Carne bem passada ou tostada. Quando a carne é tostada, libera produtos químicos que podem danificar as células normais e causar câncer. Tente evitar comer carne tostada ou muito bem passada.

Gordura e gordura saturada. Evite as gorduras saturadas, que são encontradas em carnes, produtos lácteos, bolos, biscoitos e doces. Escolha as monoinsaturadas e poli-insaturadas, encontradas em óleos de oliva, abacate, nozes, sementes, óleo de peixe, óleos vegetais.

O álcool permanecer dentro das diretrizes do governo – não beber regularmente mais de 3-4 unidades de álcool por dia.

Atividade física
Exercitar-se regularmente ao longo de sua vida ajuda a manter-se saudável, contribui a manter um peso adequado e também colabora na redução do risco de câncer de próstata e outros problemas de saúde.

Encontre um esporte ou atividade que você goste, a dica é praticar exercícios ao livre e em grupo, como ciclismo e caminhada.

Agende aproximadamente 30 minutos para a prática de exercício moderado cinco vezes por semana ou realizar 75 minutos por semana de exercício vigoroso, como corrida, tênis ou futebol.

Medicina tradicional chinesa e saúde da próstata
A medicina tradicional chinesa (MTC), incluindo a acupuntura, a herbologia chinesa e o qi podem ser uma grande promessa como tratamento para condições comuns de saúde masculina relacionadas à próstata, incluindo sintomas relacionados à prostatite crônica, hiperplasia benigna da próstata e cuidados de suporte para o câncer de próstata.
Esses tratamentos são não possuem efeitos colaterais.

Medicina erval chinesa oferece cuidados de suporte para câncer de próstata
É possível encontrar algumas sugestões de chás com fórmulas para contribuir quem possui câncer de próstata.
A terapia hormonal é o tratamento preferido para homens com câncer de próstata.
O câncer se alimenta de testosterona, então utilizar ervas chinesas para cortar a testosterona ou fazer um contra-ataque é uma boa alternativa para lutar contra as células cancerígenas e até fazer com que o tumores sejam atingidos.

De acordo com dados do Inca ( Instituto Nacional de Câncer), a cada dez homens diagnosticados com câncer de próstata, nove têm mais de 55 anos.

Leia também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *